Ex-UFC que cometeu 29 crimes contra namorada é condenado a prisão perpétua

Entre outras acusações, Jonathan ‘War Machine’ Koppenhaver é acusado de ter torturado e estuprado Christy Mack

Via: Esporte Fera

1496702149228.jpg
Relação entre ‘War Machine’ e Mack sempre foi repleta de polêmicas Foto: Reprodução

A Justiça dos Estados Unidos decretou, nesta segunda-feira, a prisão perpétua de Jonathan “War Machine” Koppenhaver, acusado de cometer 29 crimes contra sua ex-namorada, a atriz pornô Christy Mack.

Preso em agosto de 2014, o atleta, com passagens pelo UFC e pelo Bellator, cometeu diversos atos de violência contra a ex-namorada, como tortura, tentativa de assassinato, sequestro e tentativa de estupro.

Presente ao julgamento, Mack, que teve que ser hospitalizada algumas vezes por causa das agressões, reforçou seu desejo para a pena ser pesada: “Não sei quanto tempo ele merece ficar preso. Não sei em quanto tempo eu me sentirei bem ou segura. Posso dizer que quando ele sair, ele vai me matar”.

ctv-odl-mack
Atriz chegou a ter 10 ossos quebrados por ex-lutador e ficou com lesões pelo corpo Foto: Twitter/@christymack

Segundo o TMZ, a sentença abre a possibilidade de “War Machine” pedir liberdade condicional após cumprir 36 anos de regime fechado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s