BILIONÁRIO PEGA UM ANO DE PRISÃO POR AGREDIR LUIZA BRUNET

images|cms-image-000548065 cópia.jpg

Empresário Lírio Parisotto foi condenado nesta segunda-feira 5, em sentença proferida pelo Tribunal de Justiça São Paulo, a um ano de detenção pela agressão à modelo Luiza Brunet no ano passado; a condenação determina que o réu deverá ficar dois anos sob vigilância, sendo obrigado a cumprir serviço comunitário durante doze meses; Luiza teve quatro costelas quebradas pelo bilionário, além de lesão no olho esquerdo

247 – O empresário Lírio Parisotto foi condenado nesta segunda-feira 5, em sentença proferida pelo Tribunal de Justiça São Paulo, a um ano de detenção pela agressão à modelo Luiza Brunet no ano passado.

A condenação pronunciada pela juíza Elaine Cristina Monteiro Cavalcanti determina que o réu deverá ficar dois anos sob vigilância, sendo obrigado a cumprir serviço comunitário durante doze meses.

“Nestes últimos meses, aprendi mais sobre solidariedade. Recebi, de homens e mulheres, apoio e carinho com uma força enorme. A todos, minha imensa gratidão. Não foi fácil me expor, nem será apagar as marcas que a violência me deixou. Mas o que, ontem, foi vergonha e medo, hoje, é força e uma certeza: seguir no combate à violência contra as mulheres. Dei um importante passo, tive coragem para mudar e sempre fiquei ao lado da verdade”, diz Luiza Brunet.

A acusação ocorreu após a atriz ser vítima de grave agressão por parte do empresário em maio do ano passado em Nova York. Na ocasião, Luiza teve quatro costelas quebradas, além de lesão no olho esquerdo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s