URGENTE: greve de professores e “Lista de Janot” derrubam secretário de Beto Richa

A forte adesão dos educadores à greve combinada com a “Lista de Janot” fez a primeira vítima no governo Beto Richa (PSDB): caiu o secretário de Estado da Comunicação Márcio Vilella.

Via: BLOG DO ESMAEL

secretario_richa_queda.jpg

O k-suco ferveu para o lado de Vilella quando chegou ao ouvido do governador que 90% das escolas aderiram ontem (15) ao movimento da APP-Sindicato.

Mas o secretário só caiu mesmo com a divulgação hoje de que 70% da categoria está paralisada no estado, o que significa que o Palácio do Iguaçu perdeu a “batalha da comunicação” para os professores.

Também contribuiu para a defenestração do secretário o surgimento de Beto Richa na “Lista de Janot”, que foi enviada ao STF para abertura de ação penal por recebimento de propina da Odebrecht.

Márcio Vilella é “tio torto” do governador Beto Richa, isto é, Vilella é irmão “torto” — por parte de pai — da mãe do governador tucano, dona Arlete Richa.

Em 10 meses no cargo, o secretário de Comunicação brigou com a velha mídia e mais de duas dezenas de deputados. Há 90 dias já tinha sido marcado para “morrer”.

Resumo da ópera: “tio torto” não resistiu à greve da APP e à Lista de Janot.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s