Pai estupra filha lésbica para “mostrar que sexo é melhor com homem”

adolescente-cria-coragem-e-conta-que-foi-violentada-pelo-proprio-pai-g-27042016-082029.jpg

O homem foi condenado pela Justiça a 21 anos de prisão em regime fechado

Um caso bárbaro foi julgado em Warkwick, Reino Unido. Um pai foi condenado a 21 anos de prisão após estuprar a filha por três vezes. Segundo a jovem, que se assumiu homossexual, disse que o homem a obrigava a fazer sexo com ele para mostrar que “transar com machos era bem melhor”. Na época do crime, ela tinha 16 anos.

O juiz do caso foi incisivo com o autor do crime. “Quando ela se assumiu gay e te contou, você reagiu mostrando uma raiva real e incontrolável e decidiu estuprá-la para mostrar que ela faria sexo melhor com um homem do que com uma mulher. O estupro envolve degradação e humilhação. O ato demonstra sua hostilidade por ela ser lésbisca”, disse Andrew Lockhart, segundo o The Sun.

Além dos 21 anos de prisão, o homem será registrado como “abusador sexual”. “As vítimas nesse caso horrível mostraram uma incrível coragem para falar e assegurar que o abusador seria levado à Justiça. Esse caso mostra que os sobreviventes de abusos devem ser ouvidos, não importa há quanto tempo ocorreu”, concluiu o juiz. O estupro da jovem ocorreu no fim dos anos 1990.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s