Dilma diz que irá ao Senado se defender pessoalmente contra o impeachment

Ela disse que não foi à comissão do impeachment porque “precisa do voto do conjunto dos senadores e não de parte dos senadores”

A presidente afastada Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira (13) que irá ao plenário do Senado fazer, pessoalmente, sua defesa do julgamento final do impeachment. Segundo a publicação do O Globo, ela disse que não foi à comissão do impeachment, porque “precisa do voto do conjunto dos senadores e não de parte dos senadores”.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, de Minas Gerais, a petista disse acreditar que é possível reverter o processo no impeachment a seu favor. E disse que seu coração continua valente, fazendo referência ao lema de sua campanha de reeleição, mas está “dolorido”. A votação final do processo de impedimento no plenário do Senado deverá ocorrer no final do mês de agosto.

“Nosso interesse é falar para todos os senadores. Essa oportunidade que eu tenho, garantida pela Constituição, eu vou utilizá-la”, concluiu sobre o tema.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s